Manifesto de um escritor on-line!

Digitando o manifesto. HAHAHA!

Vamos ao que interessa. Não somos mais a geração Coca-Cola. Não corremos como antes, não somos amantes de bola. Evoluímos, ainda que a contra-gosto. Não, não abandonamos o que sempre nos fez feliz, apenas mudamos e chegamos aqui. Ainda temos férias na vovó, desenhos animados e Fandangos empacotados. Mas ainda assim, mudamos.

Muitos de nós tentam barrar uma mudança que não é barrável. Mas o mais triste, é que muitos de nós jovens, tentam mudar o mundo sem prestar atenção no que dizemos aqui, bem ao seu lado.

Hoje escrevo este texto por pura revolta. Já me cansa ver centenas, talvez milhares dizendo que irão fazer uma revolução. Pois bem, começe-a do jeito mais fácil: olhe para o lado e veja quantos jovens precisam da sua mão.

Meu pedido: se existem escritores, é porque existem leitores. E a internet não veio para mudar esse conceito dimensional, mas sim para ampliá-lo. Nada é mais frustrante para um escritor do que não ter leitor. E se estivermos falando de um bom leitor, a recíproca também é verdadeira.

Portanto, meu manifesto é: COMENTEM!

Nada é mais frustrante do que escrever para uma imensidão de… nada.

A Nossos Romances Adolescentes está aqui para intermediar e participar de tudo isso, mas essa relação é uma faca de dois gumes. Do mesmo modo que precisamos de escritores e escritoras, precisamos de leitores e leitoras.

Então, o que queria dizer é isso:

Não há porque continuarmos postando se não existem leitores para continuar comentando.

Não, não estou bravo, e mesmo se estivesse, ninguém ligaria. Mas comentem, pelo amor de Deus, comentem.

Mais frustrante do que não ter uma editora, do que escrever mal, é ter um leitor que nem ao menos de importa dizer: “isso está muito legal!”

Portanto, comentem.

É uma ordem.

Ou eu me enforco no pé de cebolinha.

Anúncios
Etiquetado , ,

4 pensamentos sobre “Manifesto de um escritor on-line!

  1. André Santos disse:

    Êh… Sei como é ver todas as postagens todos os dias e somente poucos comentarios, mais aqui, imaginaa eu… que quase não tenho… 😦
    Mais tô passando mesmo pra agradecer a postagem que falou de mim no seu blog, amei, acabei de ler agora e tô ate emocionado (eu, manteiga derretida de 1ª). Se não for incoveniente manda seu msn aê, ou seu e-mail, pra gente trocar ideias. Valeu… Abraços…

  2. André Santos disse:

    Esqueci de comentar o “me enforco no pé de cebolinha”, ótimoO, e podee ter certeza que leio seu blog, mesmo não comentando. Se ñ leio penso que estou sozinho nessa jornada… Meu e-mail é andresantos.tcin@yahoo.com.br, qyalquer coisa envia pra la o msn… By by…

  3. Marília disse:

    comentei só pra você não se enforcar no pé de cebolinha haha

  4. nilsenideias disse:

    Já li esse texto na NRA e achei digno de atenção. u_u

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: