Arquivo mensal: novembro 2010

Ah, fim de semana…

Que saudade de ficar em casa aos sábados vendo filme até 4 da manhã! HAHA. Mas, bem, vim aqui compartilhar com vocês minhas sinceras opiniões sobre cada um dos filmes (menos sobre A Proposta, que vi dublado, e me recuso a falar sobre o filme sem que o tenha visto dublado!).

Primeiro, A Princesa e o Sapo:

Siiiim, o Doug adora filmes de desenho. HAHAAH. São os únicos que vejo dublado. Já viram Bob Esponja legendado? É tão… sem graça. Enfim, olhem o trailer o filme aí embaixo:

O filme fala sobre Tiana, uma jovem garota que sonha em ter seu próprio restaurante, até que beija um príncipe transformado em sapo e… assistam para descobrir.

O filme é ótimo, ri bastante! E o primeiro da Disney que tem uma morte no enredo e uma princesa negra! Fiquei super… O:

Nem vilões morrem na Disney, mas aquele pobre bichinho morreu :/

Mas o filme é ótimo, recomendo.

Depois: Sempre ao seu Lado

Um filme lindo, sem dúvidas. Baseado em fatos reais, o filme conta a história do professor Parker e o adorável cachorro Hachi, e a linda história de lealdade que o filme soube transparecer.

Não me acabei de chorar, mas o filme é realmente emocionante. Só peca um pouco pelo prolongamento excessivo daquela tristeza que todo mundo já entendeu, e surpreende pelo final.

Agora, o melhor de todos: A Duquesa

Que. Filme. FANTÁSTICO. Keira Knightley está fantástica nesse papel que pareceu ter lhe caído como uma luva. A fotografia do filme, nem se fala. É um cenário mais perfeito que o outro. Olho no trailer!

Este filme, também baseado em uma história real, é aquele para ficar na estante por vários anos, para ser visto, revisto e visto mais uma vez. Um amor condenado pela hierarquia vigente na monárquica Inglaterra. Esta é a melhor definição deste novo clássico.

Lindo, lindo, lindo.

Ouvi aplausos? HAHAHAHA.

Acho que por hoje, é só.

Mas voltarei!

Beijos, beijos, beijos, tchau :*

Anúncios
Etiquetado

AH, CADÊ MINHA VIDA?!

Oi, gente. Duas semanas sem postar. Eu sei, sou um irresponsável. Doug mau, muito mau. HAHAHA.

Vamos do início. Gente, época de vestibular e ENEM! Isso é uma boa desculpa, não é? Mas antes que me esqueça: que porra é essa do ENEM?

Aposto que no gabinete do ministro da Educação tem uma foto mais ou menos assim:

Jovens que prestaram o ENEM em 2010

Inclusive com essa legenda. Qual é, ministro? A gente é trouxa? Não, porque a pré-escola daqui de casa faz provas mais invioláveis do que esse ENEM. Eu mesmo, fiquei com o celular no bolso a prova inteira, e se quisesse utilizá-lo, o faria sem o menor problema. Usei? Não, não usei. Vi gente usando? Vi, vi sim.

E agora eu, esperando minha bolsa numa universidade que tenha o meu curso (Direito! ♥ Queria Relações Internacionais, mas nem tudo é flores na vida…), enquanto vocês não se resolvem.

Posso desabafar? PORRA, HADDAD!

Agora, mudando um pouco de assunto: viram o comercial do Gianecchini para o Shopping Pintão? HAHAHAHAHAH. Continuando.

Fui na Nobel essa semana, atrás de um bom livro (tem um sobre um espião do tempo de Getúlio Vargas que estou LOUCO para ler), e percebi que, praticamente a livraria inteira foi amaldiçoada. Com o quê?

Vampiros.

Nada contra a talentosíssima Anne Rice ou a não-talentosa-assim Stephenie Meyer. Cada uma tem seu estilo de escrita e ganhou fortuna fazendo o que gosta. Mas, editoras, por favor: agora vocês só sabem publicar histórias que falem sobre vampiros?

Duvidam? Olhem a pequena lista que fiz em menos de dois minutos dentro daquela catacumba, digo, livraria:

1) Diário do Vampiro
2) Morto até o Anoitecer (que inspirou True Blood!)
3) Como se livrar de um vampiro apaixonado
4) Série House of Night

Além, é claro, de todos os outros pormenores que fiz questão de esquecer. Vi os de Anne Rice, mas os vampiros dela são dignos demais para serem postos aqui.

O que aconteceu com todo o mundo literário que não gira ao redor disto? É frustrante, você procurar por um bom livro e praticamente ver a Nobel se chamar Mordel.

Enough, vampires.

Isso sem contar a quantidade gigantesca de tópicos lá na Nossos Romances Adolescentes sobre o tema. A comunidade, antes de Twilight, girava num nível ótimo de criações. Agora, tudo o que se vê são vampiros, vampiros, anjos, deuses gregos, vampiros.

Façam-me o favor, né?

Está certo que muitos desses livros vieram antes da saga Twilight, mas só fizeram sucesso por causa do fofético Edward Cullen. Notaram a ironia? Bazinga!

Por enquanto é só.

Mas eu volto.

MUAHUAHUÁ.

*vira um morcego*

 

Etiquetado

Querido Diário… I’m back, bitches!

HAHAHA. Adorei o título. Ri sozinho!

Pessoal, sumi, eu sei! É que ser um futuro diplomata não é nada, nada fácil. Vestibulares, cursinho, aula, trabalhos… D:

Mas vamos lá, vou dar notícias do que fiz nesses últimos dias.

Assisti Comer, Rezar, Amar!

Aproveitei que estava com algumas amigas no shopping e dei uma passadinha no cinema. O filme do meu livro favorito (A Menina que Roubava Livros também é meu favorito *-*) não me decepcionou nem um pouco. Quem me conhece sabe que Comer, Rezar, Amar é a bíblia deste canceriano chato aqui! 🙂

Continuando. Fiz o vestibular para Direito e fiquei entre os dez melhores! Morra de inveja, número onze. HAHAHA. Fiquei em oitavo lugar, e por causa da letra do nome! (Maldita seja a letra D. Queria me chamar… Aaaaouglas. HAHAHA) Devo ter ficado em quinto ou sexto, mas valeu a tentativa! Na verdade, meu sonho mesmo é fazer Relações Internacionais na UnB. Mas como nem todos nascem ricos nessa vida, estou feliz demais sendo um futuro diplomata que cursou Direito! 😀

Continuando, me deixem ver… estou de férias literárias. Por uns diazinhos, só.

Tantas coisas para fazer que acabei dando um tempo em Cartas de Siracusa. Mas o livro voltará em breve. Hoje mesmo, de madrugada, comecei a escrever um conto: Annatomia – Bisturis Abandonados, e assim que terminar, posto ele aqui. Está na metade!

Outra coisa: vi um livro MUITO legal no Shopping:

Olha a sinopse do livro aí:

O poder da mídia e da propaganda e o valor da educação costuram a trama da divertida — e bem sucedida (na lista do New York Times por 50 semanas) — estréia de Trenton Lee Stewart no universo das histórias infanto-juvenis. Em meio a muita ação e aventura, A MISTERIOSA SOCIEDADE BENEDICT trata, ainda, da natureza da amizade, lealdade, coragem e liderança. Quatro crianças solitárias e tímidas precisam aprender a confiar umas nas outras e trabalhar juntas para atingir seus objetivos.
Cada uma delas possui um dom único e especial. Nada fantasioso como poderes sobrenaturais ou habilidades adquiridas através de insetos radioativos. Elas se destacam num quesito muito humano: vencer dificuldades, das mais variadas formas. Reynie é excelente na resolução de problemas, dedução lógica e leitura de pessoas. Ele é extraordinário em ler nas entrelinhas, observar, questionar e chegar ao âmago da questão. Sticky tem memória fotográfica: lembra de tudo o que lê.
Kate é extremamente ágil e atlética. Carrega sempre consigo um balde contendo um kit emergencial: canivete suíço, cola, corda, lanterna, ímã, borracha e caneta. Constance é a clássica “do contra”, discordando sempre de tudo e de todos. Muito obstinada, beirando a teimosia, ela tem grande talento para escrever poemas, montar charadas e criar enigmas.
Quando um anúncio um tanto estranho aparece no jornal em busca de crianças espertas para fazer uma série de provas misteriosas e complicadíssimas, que o leitor também pode fazer, Reynie, Kate, Sticky e Constance, com seus talentos ímpares, acabam escolhidos para a Misteriosa Sociedade Benedict. Agora, eles são os únicos que poderão destruir um plano maligno que põe em risco todos os habitantes do planeta.
Trenton Lee Stewart cria em A MISTERIOSA SOCIEDADE BENEDICT um livro divertido para estimular a leitura e, a reboque, ensinar às crianças valorosas lições.

Assim como os livros de Harry Potter, esta história vai além de simples aventuras.”  Booklist

Lembra a experiência única de A fantástica fábrica de chocolate.” Publisher’s Weekly

Prende tanto corações quanto mentes dos fãs do estilo de Lemony Snicket.” Kirkus

Aaaaaah, eu quero! Mas estava tão caro! Quase cinquenta reais! Atualmente estou lendo livros que estavam empacados aqui na estante (na última contagem, eles eram quase 40. Levei um susto quando descobri que até um volume de Harry Potter estava ali, um dalit, intocado! O: )

Enfim, pelo que me lembre por agora, é isso!

HAHAH. Beijos, pessoal! Vocês são lindos!

Etiquetado