Mas Doug, e a faculdade?!

Pessoal, hoje vamos falar sobre minhas impressões sobre meu curso.

Vou ser objetivo, sincero e modesto.

DIREITO É TUDO!

É um curso inteligente e extremamente puxado, antes de qualquer outra coisa. Eu, já habituado a ler muito, dupliquei minha quantidade de leitura. Capez, Lisboa, Bittencourt, Prado…

Querem ver como passo minhas tardes de domingo agora?

Mas fazer o que, não é mesmo? Estou apaixonado pela minha escolha.

Tenho de admitir: comecei a faculdade louco pela diplomacia, mas é inevitável: me apaixonei por Direito Penal. Daqui a pouco vocês terão um lindo (-não!) advogado para tirar vocês, leitores serial killers, da cadeia! HAHAHA!

Mas não é só estudo. Minha sala é composta de gente de todos os tipos, trejeitos e lugares. É um grupo de amigos, antes de qualquer coisa. É lindo como somos unidos! HAHAHAHA. Falando nisso, já fizemos até festa! Onde eu me comportei, e quase não dancei.

Tá, talvez eu tenha dançado um pouquinho.

HAHAHAHA.

Então, gente, sobre o curso. Não para qualquer pessoa. É uma rotina de disciplina, dedicação e, antes de qualquer coisa, paixão. Uma pessoa que não esteja apaixonada pelo curso não irá aguentar um semestre sequer.

Algumas vezes nos perguntamos porque certas coisas não saem exatamente como queremos, porque dão errado. Mas a verdade é que coisas realmente certas surgem de quase tudo aquilo que consideramos errado.

O sofrimento não existe por prazer perverso de uma entidade divina. Existe para que reconheçamos quando somos agraciados com a alegria.

Amo meu curso, meus amigos e minha faculdade.

E você, não vai cursar Direito?!

Anúncios
Etiquetado

Um pensamento sobre “Mas Doug, e a faculdade?!

  1. Maria Raquel disse:

    HAHAHHAHA
    Rachei com a sua fotenha. Rebolando até o chão!!
    Hahahha

    “Algumas vezes nos perguntamos porque certas coisas não saem exatamente como queremos, porque dão errado. Mas a verdade é que coisas realmente certas surgem de quase tudo aquilo que consideramos errado.
    O sofrimento não existe por prazer perverso de uma entidade divina. Existe para que reconheçamos quando somos agraciados com a alegria.”
    Nossa, twittei já hahah

    “Daqui a pouco vocês terão um lindo (-não!) advogado para tirar vocês, leitores serial killers, da cadeia! HAHAHA!”
    Só se me inspirar em uma certa histórinha escrita por um certo amigo hahha

    Aliás, a Carol falou alguma coisa sobre um novo projeto. Fui procurar na comu mas não encontrei em lugar nenhum…
    Que história é essa mocinho???
    Me manda uma mensagem, um email, um scrap, uma carta, um sinal de fumaça, qualquer coisa, me contando tudo!!!!
    E aproveita e fala da Bienal, pra gente combinar certinho.
    Quero ver se coloco crédito no celular, aí fica mais fácil da gente se falar…

    Beijos :*
    Fico feliz que tudo esteja dando certo 😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: