Vermelho

Poucas coisas podem ser tão frustrantes quanto a incapacidade de fazer alguém que nos faz bem parar de chorar. Por motivos diversos, ela sofre. Por um motivo comum, não conseguimos fazê-la sorrir.

À cada lágrima, um motivo despenca por suas bochechas e uma lasca de tristeza rompe na forma de um soluço. Seus cabelos vermelhos são inalcançáveis neste momento, e isso lhe dói profundamente.

Seus olhos estão vermelhos, seus cabelos, lindos, agora ruivos e bagunçados. Dentro daquele amor em forma de pessoa, um coração tão vermelho quanto o sol no poente bate sem parar. Por esta pessoa, e apenas por ela, você é capaz de escolher vermelho como sua nova cor favorita.

A distância que separa meus lábios de sua testa me corrói, impotência e a vontade de acariciá-lo expelindo tristeza pouco a pouco de meus poros.

A fantasia de um palhaço, a mais cômica das piadas, o mais divertido filme de comédia. Nada é capaz de fazê-lo rir. E nada será. Até um determinado momento.

Até o momento em que o dono daqueles cabelos e olhos vermelhos de tanto chorar perceber que você está de braços abertos, ouvindo uma melodia qualquer e pensando nele durante todo o transcorrer de um dia, que para você, é apenas mais um dia longe de quem você daria tudo para estar perto.

Deixe-me fazê-lo feliz. 

Eu darei meu melhor.

Anúncios
Etiquetado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: