Eu vi: As Horas

Uau, que filmaço! As Horas conta a história de três mulheres “distintas”, interpretadas por Meryl Streep (AMO, AMO!), Julianne Moore e Nicole Kidman (AMO MUITO!). Kidman interpreta Virginia Woolf, que em determinado momento parece embasar toda a criação artística do filme, mas em outros parece ela ser apenas uma parte integrante.

O destaque fica para Julianne Moore, a qual eu já admirava, mas agora adquiriu uma personalidade forte e surreal na dona de casa infeliz nos subúrbios de Los Angeles. Em um dos diálogos finais, ela solta a magnífica citação: Tive de escolher entre morrer e fugir. Escolhi fugir. 

Absurdamente lindo. Kidman não fica atrás, e em uma conversa na estação de trem, vocifera: Você não pode encontrar a paz fugindo da vida. 

Vou contar uma coisa: quando vi nos créditos iniciais o nome das três protagonistas, quase tive um ataque de felicidade. O filme é lindo, e possui uma interligação divinamente esculpida por seus criadores (a qual não vou contar para não estragar a surpresa do filme, é claro).

Vamos dar uma olhadinha no trailer?

Vocês devem estar se perguntando porque eu fiz essa resenha apenas agora, muitos anos após o filme ter sido lançado. E, para ser sincero, não tenho a resposta.

Algumas coisas acontecem no tempo que elas devem acontecer.

Beijo, gente.

 

Anúncios
Etiquetado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: