Doug agora tem uma religião?

Quem diria! É chegado o grande dia! Doug está GRÁVIDO!

É lógico que isso só foi uma brincadeira sem graça.

Mas, então, neste dia triste pós-saída de Fátima Bernardes, vamos falar de uma coisa super legal: finalmente o espírito de Elizabeth Gilbert se abateu sobre mim e eu me encontrei espiritualmente.

Todos vocês perceberam o meu rompimento com o Catolicismo, right? Isso se deu há uns dois, três anos atrás, pois eu não conseguia mais suportar uma religião que negava toda a logicidade que me é inerte (minha camisa da evolução humana que estou usando neste exato momento que o diga).

Assim sendo, crises existencialistas se tornaram comum, Dostoiévski se tornou meu favorito e a vida me pareceu um tanto quanto cinza, visto que eu não sabia sequer no que acreditar (se é que havia algo para se acreditar, convenhamos).

Até que comecei a buscar religiões que pudessem me dar respostas. A primeira foi o Hinduísmo. Amo aqueles mantras, mas acreditar num Deus de tromba me era um pouco forçado. Depois, o Budismo. Achei liiiindo como eles seguiam os ensinamentos de Buda, mas a história do post-mortem me confundia demais (e foi daí que veio minha primeira regra: para que eu acredite numa religião, preciso entendê-la). Então, vários amigos quiseram me puxar para suas igrejas evangélicas e afins. Mas mulheres tendo de usar saias (tão 2001!) e homens constantemente arrumados e impossibilitados de usar shorts me dava agonia.

Aí pensei no Espiritismo. 

Pesquisei um pouco, assisti o filme do Chico Xavier, conversei com espíritas (pelo bate papo da Uol, mas conversei) e eu vi que aquela religião tinha alguma coisa que poderia me fazer bem. E foi então que conversando com meu primo, a oportunidade surgiu.

Ele me fez o imenso favor de me dar um livro de presente (eu já amaria por ser um livro, mas no caso deste livro, amei três vezes mais): O livro dos Espíritos, do mestre Allan Kardec.

O livro é absurdamente bem editado, cumpre ressaltar. E tudo isso por 8 (oito!) reais. Mas, enfim, vamos ao que interessa.

Assim sendo, comecei minha leitura no mesmo dia em que ganhei o livro. Cada parágrafo era como se Kardec tivesse retirado um pedaço da minha essência e dissertado.

Vejam só que trecho magnífico:

As relações dos espíritos com os homens são constantes. Os bons espíritos nos convidam ao bem, nos sustentam nas provas da vida e nos ajudam a suportá-las com coragem e resignação. Os maus nos convidam ao mal: é para eles um prazer ver-nos sucumbir e cair no seu estado (p. 41)

Não irei adentrar no Espiritismo enquanto conjunto de ensinamentos no momento, mas tenho de dizer que finalmente me encontrei dentro de uma religião. As bases do Espiritismo (amor e caridade), e seus direcionamentos (Justiça, Amor e Ciência) finalmente me permitiram encontrar todo o meu conceito de desenvolvimento científico dentro de uma seara religiosa.

Todos deveriam ler Kardec, mesmo que o Espiritismo não seja uma religião que a pessoa queira seguir. Seus conceitos de bondade e fraternidade acalentam o coração como só um abraço verdadeiro é capaz de fazer.

Paz e bem, irmãos espíritos! Que juntos possamos rumar para a felicidade eterna!

Assim seja. 

Anúncios
Etiquetado

3 pensamentos sobre “Doug agora tem uma religião?

  1. Melina disse:

    Fico muito feliz que tenha se encontrado espiritualmente. Eu acredito que as religiões visam o bem a pessoa e ao próximo, quando estas são bem interpretadas. E ter algo, ou alguém, em que confiar sempre ameniza nossas piores dores e aflições.

    Continue seguindo o que acredita! ;*

  2. Tem um significado Mà stico como representante dos Espà ritos bons que velam pelos Vivos aqui na Terra.

  3. Luks Vieira disse:

    Que bom, realmente é muito importante procurarmos um caminho para seguir independentemente da estrada que o leve a felicidade ou a uma paz interna… parabéns pela descoberta!
    Att.,
    Luks

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: