Arquivo da tag: Impacto Fulminante

Eu li: Impacto Fulminante

Bonsoir, meus queridos! Como vão vocês? Hoje vamos falar de – tchãtchãtchã – literatura nacional!

O escolhido dessa vez é Impacto Fulminante, que você pode conferir no Skoob aqui! Enfim, todavia, entretanto… vamos ver a sinopse da obra da minha amiga Valentine Cirano.

Uma ordem secreta da antiga Babilônia ainda poderia espalhar medo ou terror aos habitantes da Terra? Haveria um meio de resgatar os poderes do antigo deus babilônico pelos membros remanescentes dessa ordem e, de posse dos mesmos, levarem pânico e destruição aos quatro cantos do planeta? O assassinato brutal do artista plástico Gregory Andersen, leva Richard Brown e Suzan Antonelli, historiadores britânicos convocados pela policia de Londres, a identificar o significado de estranhos caracteres e pistas deixados pela vítima, pintados com seu próprio sangue numa toalha segundos antes de sua morte. As marcas deixadas por Gregory e um estranho quadro por ele pintado, levam Richard e Suzan a uma aventura frenética em busca do legendário tesouro de Dario, portador dos terríveis poderes das trevas dos deuses pagãos. Perseguições implacáveis, conduzidas por um assassino cruel e sanguinário fazem com que a aventura se torne um jogo mortal, onde Suzan e Richard precisam lutar pela própria sobrevivencia. Os membros da ordem secreta buscam desesperadamente resgatar os poderes ocultos para a conquista planetária, criando um exército imbatível, capaz de fazer com que todas as forças terrenas se curvem diante dos poderes das trevas. Seria possivel impedir essa catástrofe que dizimaria os habitantes do planeta? Onde se encontra a espada utilizada pelo rei Dario e que supostamente continha a chave para trazer novamente a terra os poderes ocultos da antiga Babilônia? Cada nova página do Impacto Fulminante oferece esse desafio, da eterna luta entre o bem e o mal, para atiçar a curiosidade do leitor.

Chamem de seachismo, arrogância ou o que quiser, mas simplesmente não consigo conceber um livro milenar com uma história absurdamente intrincada que… tem passagens pelo Brasil!

Eu amo a minha terra e tenho orgulho de morar aqui, senhores ufanistas de plantão, mas, ao ler o livro de Valentine, percebi o quanto a autora se esforçou para finalmente colocar o pé na porta da literatura nacional. A obra, como propõe a sinopse, tem um enredo firme e consistente, mas que, cá entre nós, lembra um pouco o Código Da Vinci, né não? 

Enfim, a história foi um dos pontos fortes que me atraiu ao longo das muitas páginas de Impacto Fulminante. No entanto, tenho uma crítica a fazer: a autora faz uso de expressões rascadas, cotidianas, para se mostrar enquanto literata tupiniquim. O uso de aspas para definir o diálogo de um taxista com dois dos personagens foi, no mínimo, doloroso aos olhos.

Valentine tem um diamante nas mãos, mas, que, invariavelmente, precisa ser lapidado. O uso de códigos genéricos para tentar exemplificar à exaustão a rotina de corrida dos protagonistas não funcionou. Certos momentos interrompi a leitura para me lembrar se lia um relatório ou… um livro!

Mas é um livro que pretendo ler de novo, para tentar captar toda a essência do que a autora quis dizer nessa história fantástica que… falhou.

Etiquetado